onselectstart='return false'

Translate

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A expressão

"I ...am... God"


Rosto pálido de expressão manequim.
Sendo o olhar fixo para o horizonte ao cair.
No chegar ao hospital ensanguentado dizendo ser Deus.
Ao som do horror animalesco de sua voz.

Força sobrenatural para um manequim.
Voz gritante e demoníaca para um Deus.
Criação psicológica esquecida.
Uma história, uma lenda, um susto.
Uma imagem, uma voz, um manequim.

Vivo.
Simplesmente vivo.
No qual arrancou parte da orelha de um médico.
Arrancou curiosidades virais das redes, como intermédio.
Para se obter o mecanismo explicador de tal foto.
Ou uma poesia que mal sabe compor palavras para aqueles olhos sem vida.

Uma expressão.
Apenas uma expressão.
Pálido, fantasma, anjo caído ou um louco transformista.

Uma expressão.
Apenas uma expressão...
De uma foto em preto e branco.
De médicos em prantos.
Pelo louco.
Transformista.
Ou uma falsidade.
Manequim.

No leito como mero paciente.
Na pele anêmica, vazia ou inconsciente.
Olhava para todos com uma tremenda calma.
Uma tremenda calma.
Um susto.
Uma foto.
Uma expressão...
Consciente.

Um comentário: