onselectstart='return false'

Translate

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Vodka - Volume 1

INT. SALA DE TELEVISÃO. CASA DE CARLOS EDUARDO

- Carlos Eduardo: Não, não vi. Acho que foi por causa da crítica ou algo assim.
- Gabriel: Crítica? Mas foram positivas. Daniel-Day-Lewis está perfeito como Tomás, e além do mais..
- C.E: Os únicos filmes que prestaram com ele foi Gangues de Nova York e My left foot.
- Gabriel: Sangue Negro, Nine, O tempo da Inocência...
- C.E: Você diz "O Tempo da Inocência" só porque é fã de Scorsese.
- Gabriel: Como assim, você me apresentou Touro Indomável e...
- C.E: Tá certo, tá certo. Vai me dizer agora que eu fui o culpado por te apresentar Pier Paolo Pasolini?
- Gabriel: Patolino? O do Cartoon Network?

Não creio...

- C.E: Cartoon Network é o teu cu. É Pasolini! O diretor, caramba! 120 de Sodoma, As mil e uma noites, O Decameron! Ah, é...eu apresentei os filmes dele pra Carla, não foi pra você, verdade...
- Gabriel: Ah, Carla! Você tem visto ela?
- C.E: A gente se encontrou na terça pra tomar vodka, mas a gente aca...
- Gabriel: O que? O que? Você....o que..o que você disse?
- C.E: Pois é...a gente saiu pra tomar vodka, mas...Oh, bosta!

......................................................................................................................

Alguma coisa ferveu o sangue de Gabriel. Alguma coisa lhe fez perder a cabeça ouvindo certa palavra. Fazia tempo que não escutava. Fazia tempo que não tomava. Não queria mais conversar sobre Scorsese, Daniel-Day-Lewis ou sobre o patolino. Foda-se o patolino, ele nunca gostou daquele desenho mesmo! Mas, onde está?

......................................................................................................................

- C.E: O que cara?
- Gabriel: Cadê a vodka?
- C.E: Eu não tenho...
 - Gabriel: A vodka cara!!! Você falou vodka. Eu ouvi vodka. Cadê, cadê porra!
- C.E: Calma, eu não tenho. Eu não tenho. Eu...esqueci do seu problema. Me desculpe...

 O que o Carlos está tentando fazer? Ele quer me enganar. Esse miserável! Me trouxe pra discutir cinema e agora não quer me dar um gole de vodka. Eu irei revirar essa casa...Eu irei revirar cada centímetro dessa casa. Não importa se seus filhos estejam dormindo. Eu vou acorda-los. Vou faze-los falar de qualquer maneira. Vou faze-los chorar até não aparecer uma gota de...

- C.E: ...álcool cara? Para quê? Você enlouquece só em ouvir nome de bebidas! Pra que tudo isso, velho?
- Gabriel: Eu te digo o porque, ahahahaha..eu te digo com o prazer de um Vic Vega ao torturar o polical em Cães de Aluguel, de um Oh Dae-Su ao tirar o dente de um coreano, em Oldboy... Só me dê um tempo para esquecer minha infância, relembrar a adolescência e remontar essa minha fase adulta. Só um minuto...



Please wait...




- Gabriel: Pronto. Onde estávamos?


To be continued...













Um comentário:

  1. Muito bom!
    AHSUAHSUHAUSHAUSHUA
    Patolino... não sei porque, mas eu acho que já vi essa conversa antes.

    ResponderExcluir